13/10/2015 às 18h03

Pacientes internados fazem fisioterapia ao ar livre

Os pacientes internados nas enfermarias do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC) contam com mais uma ferramenta de humanização.

Os pacientes internados nas enfermarias do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC) contam com mais uma ferramenta de humanização para auxiliar na recuperação de alguma enfermidade ou intervenção cirúrgica, ao realizar exercícios de fisioterapia ao ar livre. O projeto, que teve início prático em agosto, é realizado por alunos do curso de fisioterapia da Faculdade Anhanguera, supervisionado pela fisioterapeuta e professora Lilian E. B. Delazari.

Os jardins do HAOC, com suas amplas áreas sombreadas, tornam-se o ambiente acolhedor para a realização de duas práticas: a fisioterapia motora, que consiste em exercícios ativos resistidos dos membros inferiores e superiores com a utilização de faixas elásticas para gerar resistência; e a fisioterapia respiratória, com a utilização de incentivador respiratório, quando o paciente faz três séries de 10 repetições, com aumento gradual da carga pré-estabelecida pelo aparelho.

Conforme explica a coordenadora de fisioterapia do curso de Anhanguera, Gabriela Mariotoni Zago, o projeto foi criado para melhorar a função respiratória dos pacientes através de técnicas de fisioterapia, e ter como consequência uma melhora da qualidade de vida.

O objetivo principal do projeto é implementar um serviço de fisioterapia humanizado nas enfermarias masculina e feminina por meio de um ambiente alternativo ao hospitalar. O objetivo secundário é investigar os benefícios do serviço de fisioterapia humanizado.

Os pacientes são divididos em dois grupos – para atividades internas e externas – que abrange internados maiores de 18 anos que tiveram prescrito pelo médico fisioterapia motora e respiratória, que estejam hemodinamicamente estáveis, conscientes, colaborativos e que sejam capazes de compreender as instruções dadas pelos fisioterapeutas.

Com estas atividades os fisioterapeutas esperam que o grupo de pacientes que realizam os exercícios na área externa apresentem uma melhora relevante dos parâmetros ventilatórios, quando comparado ao grupo interno, uma vez que o efeito gerado através da motivação fornecida pela alteração do ambiente terapêutico.

A importância da fisioterapia no tratamento ao paciente

O trabalho de fisioterapia dentro do Hospital Augusto de Oliveira Camargo é executado pela Fisioleben, empresa das fisioterapeutas Aline Carloni Dias Jorge, Lygia Rodrigues Falsarella e Vanessa Aggio Tozzo Grassiotto. A parceria teve início em 2006 e conta atualmente com 15 profissionais da área, todos especialistas em atendimento em Unidade de Terapia Intensiva. O atendimento especializado em fisioterapia respiratória e motora acontece nas UTIs adulto e neo-natal, setor de urgência e emergência do Pronto Socorro e enfermarias.

Aline explica que o trabalho de fisioterapia em UTI é bem específico, que inclui a utilização correta, por exemplo, da ventilação mecânica, que funciona como uma espécie de pulmão artificial. “A fisioterapia respiratória tem uma visão muito mais crítica e emergencial, ela passa a ser imprescindível dentro de setores fechados como as UTIs. Para o setor de urgência e emergência, quando os médicos chamam o fisioterapeuta pode ser para ajustar o respirador, assim como para adequar os parâmetros e auxiliar nas urgências. A indicação do paciente internado nas enfermarias é muito relacionada com o quadro clínico que apresenta, que tem prescrição de fisioterapia feita pelo médico, para trabalhar a recuperação e reabilitação do paciente”.

O benefício do trabalho de fisioterapia realizado em pacientes internados é demonstrado pela redução do tempo de utilização de determinados equipamentos, assim como o tempo de permanência dentro do hospital. “Dentro do trabalho de terapia intensiva reduz em 25% o tempo de ventilação mecânica e o tempo de internação hospitalar”, explica.


Galeria de Imagens:

Parceiros

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Revista Digital
Conheça a história da saúde de Indaiatuba e região
Haoc Saúde © 2020 Todos os direitos reservados | Política de privacidade